Apresentação


        A mudança nos cenários contemporâneos tem exigido cada vez mais dos sujeitos, seja nas esferas sociais ou profissionais. Neste ultimo caso, passamos a vislumbrar com grande frequência, estratégias que tratem da descentralização, do controle social e da participação popular como ferramenta de efetivação das politicas. Falar destas estratégias é também falar de intersetorialidade.
       A intersetorialidade traz, em sua essência, a busca de um resultado comum nos diferentes setores de trabalho e atores sociais no contexto das políticas sociais, levando estes a uma interrelação. Torna-se também de extrema necessidade ao se configurar em uma estratégia de intervenção social via políticas sociais, com resultados mais eficazes e sinérgicos, desta forma articulando saberes e práticas e se configurando em um desafio para os profissionais do serviço social e a gestão das políticas públicas. Isso porque busca a integralização de práticas e saberes voltados à garantia de direitos dentro de diversas políticas públicas, principalmente na educação/saúde e no respeito à diversidade.
       E é nesta perspectiva que a IX Semana Acadêmica e III Seminário de Serviço Social das Faculdades Itecne volta seu olhar à presente temática; por perceber a necessidade premente da discussão sobre este tema como forma de fortalecer a importância e a necessidade da intersetorialidade se fazer presente nos serviços ofertados à população uma vez que viabilizar o acesso integralizado e de qualidade dos serviços é compreender esta política desde sua concepção até sua implementação, buscando-a plena e eficaz.